Companhia de Polícia Turística faz resgate na baía do Guajará

Uma guarnição da Companhia de Polícia Turística que fazia rondas no centro de Belém foi acionada na tarde deste domingo (11), via Ciop, por conta de uma chamada inusitada direcionada ao Corpo de Bombeiros. Informações repassadas ao Centro Integrado davam conta de que uma mulher havia se jogado na baía do Guajará, às proximidades da Praça do Pescador, no Complexo do Ver-o-Peso.

A guarnição foi até o local dar apoio à ocorrência e constatou que a vítima, uma mulher, já estava quase submersa, segura apenas em um tronco de árvore e lutando contra a forte maresia. Os policiais pediram ajuda ao proprietário de uma pequena embarcação para tentar chegar perto da mulher e resgatá-la.

O soldado Adhelon Coelho iniciou uma negociação com a vítima na tentativa de acalmá-la e ao mesmo tempo convencê-la a sair da água, o que ela se recusava a fazer. Aos poucos o policial foi ganhando confiança, pulou na água, colocou o colete salva-vidas nela e aguardou a chegada dos bombeiros. Porém, mesmo assim a mulher se mantinha resistente. Diante de mais uma tentativa do soldado PM ela finalmente concordou em subir para o píer.

“Quando entramos para a Polícia Militar fazemos um juramento de salvar vidas mesmo com o risco da nossa própria. Ontem, quando retirei aquela senhora da água com a ajuda do meu comandante (soldado Dos Reis), fiquei extremamente feliz, com a sensação de dever cumprido. Isso me deixou cheio de orgulho do meu trabalho e de usar a farda da Polícia Militar do Pará”, relatou Adhelon.

(Colaboração Jefferson Maurício)

Por Cristiani Sousa