QUADRILHA CONHECIDA POR ROUBO A ÔNIBUS É PRESA EM ANANINDEUA:

Daniel Fonseca, de 22 anos, foi preso na tarde da terça-feira, 28, após denúncia anônima de que ele em parceria com três adolescentes de 17 anos, teriam praticado roubo a passageiros de um ônibus que faz a linha Icuí-Guajará, quando o coletivo trafegava pela estrada do Icuí, em Ananindeua. 

Por ser uma via extensa e de tráfego relevante, a equipe da Polícia Militar, composta pelo capitão Lobato, tenente Correa, sargento Edson, cabo Delmo e soldado W. Oliveira iniciou de imediato uma operação Barreira Policial, onde foram abordados vários ônibus até flagrar Daniel Fonseca e os menores que portavam três facas e um simulacro de arma de fogo. Todos do grupo foram pegos e apresentados na Unidade Integrada PróPaz do bairro do Icuí, onde foi iniciado o inquérito. Em seguida, os adolescentes infratores foram encaminhados à Divisão de Atendimento ao Adolescente (Data), da Polícia Civil. Durante o flagrante, o grupo revelou ter praticado outros roubos a coletivos no bairro do Icuí.

PM CAPACITA MORADORES DA CIDADE VELHA PARA AJUDAR NA SEGURANÇA DO BAIRRO

​Desde maio deste ano, os moradores do bairro da Cidade Velha, em Belém, participam de cursos de capacitação para se prevenir de assaltos na região. A iniciativa foi uma ação conjunta da comunidade e do 2º Batalhão da Polícia Militar, que atende os bairros do Reduto, Campina e Cidade Velha. Chamado de “Vizinhança em Alerta”, o projeto já acontece em outras capitais do país e foi trazido dos Estados Unidos. “O projeto tem alguns fundamentos da criminologia ambiental, e consiste em estudar o crime sob determinados aspectos. A ideia é atuar em dois deles: vítima e ambiente propício”, explica o tenente coronel Marcelo Ronald, coordenador da ação. Assim que assumiu o comando do Batalhão, em fevereiro, Ronald recebeu um pedido dos moradores: uma maior aproximação do sistema de segurança com a comunidade. Começou então uma série de reuniões que antecederam a criação do projeto “Vizinhança em Alerta”, que já capacitou mais de 80 pessoas e prevê a formação de novas turmas nos próximos meses. Dona Rosa Kawhage, administradora, 54 anos, está preocupada com os assaltos na área depois que dois filhos foram abordados por ciclistas. “Vou fazer o curso para me sentir mais tranquila. Todo mundo deveria fazer”, aconselha a administradora.

Os ensinamentos são práticos. “A gente ensina pra eles como se dá o crime e depois do crime, o que a pessoa precisa saber para agir. Criamos uma rede de WhatsApp com os moradores que nos permite trocar informações e muitas vezes conseguir uma intervenção precisa junto aos meliantes”, reforçou o comandante.

PMPA REFORÇA AÇÕES NA CAPITAL E PRENDE CRIMINOSOS, DROGAS E ARMAS EM BELÉM

​Dentre as diversas ações realizadas pela PMPA durante o período das férias escolares, com destaque para a Operação Verão 2015, em todas as regiões do interior do Estado, a capital, de onde grande parte da população segue aos finais de semana de julho para os balneários, não sofreu redução do efetivo de policiamento; prova disto é o grande volume de ocorrências atendidas pelos Batalhões sediados em Belém, que tem resultado na prisão de criminosos e na apreensão de drogas e de armas de fogo, além de simulacros.

Na manhã do sábado, 25 de julho, por exemplo, policiais militares da 3ª Companhia do 20° Batalhão PM, sediado no bairro do Guamá e com atuação, além do bairro sede, na região de Batista Campos, Condor, Jurunas, Terra Firme e Cremação, prenderam em flagrante mais um homem, armado de um revólver calibre .38, acusado de roubo.

COMANDANTE GERAL PARTICIPA DO 45º ANIVERSÁRIO DO BATALHÃO DE SANTARÉM

O Comandante Geral da PM, coronel Roberto Campos, esteve em Santarém, oeste do Pará, para o as comemorações do 45º aniversário do 3º Batalhão PM, sediado na “pérola do Tapaós” e visita de avaliação técnica das ações daquele comando regional de policiamento, que tem à frente o coronel Monteiro Junior.

Na ocasião, o gestor maior da PMPA, presidiu a solenidade alusiva à data, que premiou vários policiais militares e encerrou com o desfile militar da tropa representativa da unidade.  

Também em Santarém, o Comandante recebeu das mãos de uma comissão composta por integrantes do quadro de Oficiais da Administração da Corporação o documento que contempla propostas de mudanças na Lei nº 5.162-A de 16 de outubro de 1984, que instituiu o Quadro de Oficiais de Administração. As propostas foram recebidas pelo Comandante Geral que se comprometeu criar uma comissão para a realização de estudos necessários à análise de propostas como: 1. A mudança no processo seletivo referente ao Curso de Habilitação de Oficiais (exigindo nível superior de escolaridade; 12 anos de tempo de serviço; sem limitação de idade, etc.); A. A garantia da ascensão funcional do QOA até o cargo de tenente coronel; 3. A alteração da matriz curricular do CHO; 5. O direito ao recebimento de DAS e de assunção às funções de comando na instituição.

A presença do coronel Roberto Campos também possibilitou um maior contato e proximidade com a tropa do oeste paraense e a oportunidade de diálogo e de vivência com a realidade na região do Tapajós.  

Páginas